Vida Cristã

Algumas boas traduções bíblicas usam palavras que não são muito comuns nas nossas conversas diárias. Vamos usar a palavra “galardoador” para ilustrar como esclarecer dúvidas quando encontramos palavras desconhecidas na leitura bíblica. Em Hebreus 11.6, o autor disse: “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam” (da versão Almeida Revista e Atualizada, 2ª edição – RA2).

Antes de abordarmos o tema sobre os dons do Espírito, precisamos definir duas capacidades que estão presentes em todas as pessoas, sejam crentes ou não. São os talentos naturais e as paixões. Isto é importante, pois, através destas duas capacidades naturais do ser-humano, você terá maior facilidade para descobrir também quais são os seus dons espirituais. Só depois disto, ou seja, após descobrir todo este “pacote” (talentos, paixões e dons) é que você saberá como atuar na sua área ministerial .

Crianças pecam? As crianças que morrem na infância e as pessoas que não tiveram a possibilidade de exercer uma fé consciente enquanto vivas, serão salvas? Moisés falou de crianças que não conheceram nem o bem nem o mal (Deuteronômio 1.39). O que acontece a uma criança que morre quando ainda bebê? Vai para o céu ou para o inferno? Se uma criança de seis anos comete um crime isso é pecado diante de Deus? É certo ou errado batizar crianças? As crianças que morrem antes de terem a capacidade de definir o certo e o errado vão para o céu, para o inferno ou ficam no limbo (purgatório)? Para tentar responder a essas perguntas escrevi este texto.

Amados, o uso dos dons do Espírito Santo na Igreja do Senhor é essencial para uma igreja ser forte, verdadeira esaudável. Deus usa homens e mulheres na sua bondosa graça. Paulo diz que os dons são dados a cada um para o que for útil – ou seja, o bem comum (1Co 12.7). A profecia é um dom (1Co 12.10) e que Deus dá a cada um como quer (1Co 12.11). Fazendo uma analogia com o corpo humano, Paulo deixa claro que não há hierarquia entre os dons e ninguém é maior por portar um deles (1Co 12.12-30). É permitido procurar os melhores dons (1Co 12.31), manda aspirar (desejar, querer) ao de profetizar (1Co 14.10), mas o apóstolo apresenta um caminho mais excelente que é o amor (1Co 13).