Descrição do livro (escrito em 1938) - Um dos principais mestres do século XX, Emmet Fox oferece às pessoas de todas as religiões estratégias poderosas e diretrizes práticas para levar saúde, felicidade e verdadeira prosperidade às suas vidas e às vidas de outras pessoas. Conhecido por mais de um milhão de buscadores, este clássico espiritual duradouro revela como transformar as atitudes negativas em crenças afirmadoras da vida, compreender a natureza da sabedoria divina, explorar o poder da oração, desenvolver uma personalidade completamente integrada e plenamente expressa e reivindicar nosso divino. direito a toda a abundância da vida. Fox compartilha as chaves para moldar nossas vidas naquilo que realmente queremos que elas sejam.

Clarence Bauman: professor de teologia e autor; nascido em 15 de maio de 1928 em Mennon, Saskatchewan a Alexander Bauman e Elizabeth (Quiring) Bauman . Ele era o segundo filho de uma família de três filhas e dois filhos. Casou-se com Alice Nikkel em Bakersfield, Califórnia, em 27 de agosto de 1954. Clarence e Alice não tiveram filhos. Clarence morreu em 20 de agosto de 1995 em Elkhart , Indiana .

No início de sua vida, Clarence mudou-se para a Colúmbia Britânica com seus pais e irmãos, residindo primeiro em Agassiz e depois em Yarrow antes de se estabelecer em uma fazenda em Abbotsford . Quando adolescente, ele foi batizado após sua confissão de fé e se juntou à Igreja dos Irmãos Menonitas de South Abbotsford .

Depois de se graduar no Mennonite Educational Institute em Abbotsford, Clarence passou um ano na Escola Bíblica Menor de Irmãos em Abbotsford antes de se matricular na Universidade de British Columbia, graduando-se com um BA em 1951. Ele então frequentou o Fuller Theological Seminary em Los Angeles, Califórnia, EUA. graduando-se em um BD em 1955. Durante esse período, ele passou um ano no Goshen Biblical Seminary em Goshen , Indiana, buscando seu interesse na história e teologia anabatistas sob Harold S. Bender . Na Alemanha , depois de dois anos com o Comitê Central Menonita (MCC) testemunha de paz Leste-Oeste (1957-1959), ele se matriculou na Universidade de Bonn, e com Helmut Gollwitzer como seu orientador de dissertação, graduou-se com um Doutor em Teologia em 1963. Ele recebeu um doutorado honorário da Universidade de Edimburgo. em 1975.

Em 1961, Bauman foi indicado para ensinar teologia nos Seminários Bíblicos Menonitas Associados em Elkhart, Indiana, onde continuou a ensinar e pesquisar até sua morte em 1995. 

O próprio resumo de Bauman sobre seus anos no Elkhart Seminary oferece uma visão útil do tipo de homem que ele era: "Ponderando a sabedoria de Jesus em exegese, pesquisando o gênio do anabatismo na história, examinando as vidas dos santos no discipulado, debatendo o mistério da vida nos clássicos, explorando o significado da fé na teologia e avaliando a condição humana na ética, acabei percebendo que (1) a vida é uma luta amorosa pelo significado, (2) no silêncio criativo, a pessoa recupera o motivo da sendo, (3) a verdade existe na comunicação sem limites, (4) a vida autêntica é vivida na consciência da morte, (5) Jesus nos liberta da autoridade humana, (6) podemos viver em completa abertura a Deus, (7) mundo inteiro está cheio de Deus, (8) acreditar que Jesus quer seguir seus ensinamentos,(9) a verdadeira comunidade é baseada no respeito mútuo e na genuína humildade, (10) só fazemos bem o que é feito com alegria, (11) a fé e a vida podem ser puras e simples ".

Clarence Bauman liderou um grupo de discussão do Great Books Club em Elkhart (1969-1975), que atraiu ateus, comunistas e crentes em Deus a partir de um amplo espectro de crenças e denominações. Ele também projetou e construiu um conjunto de edifícios de estilo monástico em uma montanha em Camp Squeah, perto de Hope, na Colúmbia Britânica, e passou seus verões entre 1969 e 1981. Em Elkhart ele foi pioneiro em um encontro silencioso estilo Quaker (1971-1995). , aberto a qualquer pessoa na comunidade. A única casa em forma de trevo de Bauman em um pequeno bosque à beira do campus do Seminário era uma expressão de seu compromisso com a simplicidade e a solidão e atraiu muitos estudantes e outros peregrinos para lá em sua busca por Deus. Clarence Bauman também foi um acabado carpinteiro e mecânico de automóveis.

Durante um ano sabático em Israel, em 1968, Clarence Bauman foi diagnosticado com a doença de Parkinson. Ele continuou ensinando até 1986, depois do qual se concentrou mais em pesquisa e redação, sendo o foco principal a pesquisa exegética na compreensão do Sermão da Montanha de Jesus . A extensa coleção de livros, documentos e microfilmes que Bauman acumulou durante sua vida em 2005 estava na posse de Alice Bauman.

 

 

 


 Fonte: https://books.google.com.br/books?id=RAqgLGbZ9AUC&pg=PA9&lpg=PA9&dq=the+sermon+on+the+mount+the+modern+quest+for+its+meaning&source=bl&ots=RHKiV7j2p3&sig=F-FWHAXcKGvQ6aFkPgO2FEYOH98&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwiktqKbsqncAhXSzlkKHcQWBS0Q6AEIYjAJ#v=onepage&q=the%20sermon%20on%20the%20mount%20the%20modern%20quest%20for%20its%20meaning&f=false

Inteligência Espiritual (QS), é um dos temas mais estudados no meio científico, em tempos atuais. Ela leva a um vida de propósito e de valor superior, gerando na pessoa um senso de direção de disposição, com energia para as realizações e a superação de desafios. É um meio pelo qual o Criador promove o controle e a mudança de hábitos necessária ao melhor funcionamento do ser, que o conduzirá à felicidade e à alta performance. Como a espiritualidade pode ser usada para garantir um dia a dia equilibrado e com bons resultados para todos os segmentos. Sempre se evitou relacionar qualquer assunto cientificamente à existência de Deus, mas nos últimos tempos as pesquisas ligadas à espiritualidade e à presença do Criador têm sido mais e mais vistas. Uma delas refere-se à inteligência espiritual e tem se tornado a “menina dos olhos” de empresas à procura de funcionários mais motivados.

Toda vez que assumia a direção de seu carro, o gerente de vendas Roberto manifestava sintomas descritos pela literatura médica como os da síndrome do pânico. Suava frio, faltava-lhe ar, sentia dormência nas mãos, dores no peito e, por fim, na certeza de que teria uma síncope, entrava em desespero. Funcionário de uma grande empresa, seu trabalho exigia que ele dirigisse por longas distâncias.

As células cerebrais, especificamente os neurônios, utilizam impulsos elétricos para se comunicarem entre si, além de fazer os músculos contraírem e os membros se moverem. Cada neurônio produz determinada descarga elétrica com o objetivo de este comunicar com os neurônios e outras células vizinhas. Quando esse impulso elétrico é excessivo surge a epilepsia, e quando se “perde” parcialmente até chegar ao destino surge o Parkinson.

É evidente que o cérebro possui atividade elétrica, por consequência surgirão ondas eletromagnéticas. Estas por sua vez, podem ser medidas/avaliadas por aparelhos como EEG. Estas ondas elétricas, têm frequências que podem ser medidas em ciclos ou Hertz. A frequência das ondas muda consoante a atividade elétrica dos neurônios que e são associados a alteração de estados de consciência.

O cérebro intercomunica-se através de impulsos elétricos, estes formam ondas eletromagnéticas de várias frequências, existindo 4 frequências distintas. Podemos então distinguir 4 frequências distintas:

Beta

Neste estado você esta acordado e a sua mente concentrada, pronta para trabalhos que requerem a atenção total. Fundamental em processos que envolvam a concentração, como a aprendizagem, a análise e organização de informações.  A faixa beta, situa-se entre os 13 -30 HZ, associado à atenção, à acuidade visual e coordenação

Alfa

Neste estado você está relaxado, a sua consciência interna aumenta, aumentando com isso a auto-percepção, a consciência dos pensamentos e processos internos. Aumenta a criatividade e a ansiedade tende a diminuir. Experiência a sensação de paz e bem-estar. A faixa alfa, situa-se entre os 7 -13 HZ, associado à resolução de problemas,criatividade, memorização, relaxamento e pensamento abstrato e imaginação (visualizações).

Teta

Neste estado você entra num estado ainda mais profundo de relaxamento, baixando a atividade cerebral quase ao nível do sono. Este estado é considerado “misterioso”, neste estado surgem imagens inconscientes, que não se sabe a origem ao certo. Propicia também a criatividade e acesso a memórias à muito “esquecidas”. Situam-se entre os 4-7 Hertz, neste estado estamos num “sonho acordado”, proporcionando um estado ideal para o acesso a memorias, aprendizagem acelerada, criatividade e “re/programação mental”.

Delta

Este estado, muitas vezes contestado cientificamente, situa-se entre os 4-0.1 Hertz é a mais baixa de todas as frequências de ondas cerebrais. Nesta frequência é produzido a hormônio do crescimento, além deste estado ser benéfico para a regeneração celular e cura. Neste estado, têm-se acesso mais profundo ao inconsciente e à intuição.

Existem métodos e técnicas que facilitam alterar a frequência cerebral e o estado mental, tais como o relaxamento, a hipnose, até mesmo software. Convém que estes métodos e técnicas, sejam utilizados por profissionais ou entidades credenciadas, pois uma má utilização pode provocar consequências a vários níveis.

O ramo das ciências que estuda o cérebro e seu comportamento – neurologia, psiquiatria e psicologia – mensuraram as ondas vibracionais do cérebro.

Essa mensuração nos conta de uma padronagem subdividida em quatro estágios: Beta, Alfa, Teta e Delta. Estes nomes vêm das letras do alfabeto grego, e indicam as seguintes freqüências vibratórias das ondas cerebrais:

 

Gráficos com oscilações médias em cada nível

Ondas Beta: Variando de 14 a um máximo inespecífico de ciclos (hertz) por segundo. E´ o nível de atividade cerebral total que se dá quando a pessoa está acordada, trabalhando, pesquisando, passeando, etc;

Ondas Alfa: Variando de 7 a 14 ciclos (hertz) por segundo. Nesta faixa vibratória a pessoa fica em estado semi-sonolenta, semi-consciente. E´ o momento que precede ao sono. O cérebro diminui suas vibrações e este aquietamento abre espaço para o adormecer. Este é o nível que interessa ao nosso estudo – meditação – porque ocorre a transmutação para zona de espaço e tempo diferentes do físico;

Ondas Teta: Variando de 4 a 7 ciclos (hertz) por segundo. O cérebro está no mínimo de suas vibrações considerando-se o indivíduo ao que se possa chamar de nível consciente interior. Também ao chamado nível profundo de sono e os estados de quando submetido aos efeitos de anestésicos, nas cirurgias;

Ondas Delta: Variando de um mínimo indefinido a 4 ciclos (hertz) por segundo. Neste nível não há definição do que possa estar ocorrendo, cerebralmente, com a pessoa.

Falemos mais sobre o nível das ondas Alfa. É neste padrão vibratório que se insere o processo de meditação. O indivíduo não está nem totalmente consciente e nem totalmente inconsciente. Encontra-se em fase intermediária a estes dois estados: consciente e inconsciente.

Quando consciente a pessoa se deixa prender aos sugestionamentos comuns da vida: Leões famintos e borboletas errantes, perdendo o poder de concentração mental.

Se inconsciente, bem, disso todos sabem, é o abandono no sono, o se perder nos mundos oníricos.

No estado Alfa, entretanto, é um pé cá no mundo de todo dia e o outro pé no mundo das possibilidades mentais. E como mundo das possibilidades mentais podemos entender como o mundo da Ideação Cósmica, o padrão Divino dos Pensamentos.

Observem, cada um, seu próprio padrão Alfa. Uma indicação de que está passando de Beta a Alfa é quando, na linguagem de Waldo Vieira, sente-se o que ele chama de hipnagógico = “Hipnagogia – Definições: Hipnagogia (Grego: hipnos, sono; e agogôs, condutor) – condição crepuscular de transição da consciência entre o estado da vigília física ordinária e o estado do sono natural; estado alterado da consciência introdutório ao sono natural, caracterizado por imagens oníricas, visões alucinatórias, e representações devido à exacerbação da imaginação, com efeitos visuais e auditivos.”

Em linguagem simples são aqueles momentos em que o pensamento costumeiro fica fugidio. A pessoa está pensando em algo e, num salto, vai a outro, espontaneamente, que, por sua vez, é sucedido por outro, que leva a ouvir vozes, e também a imagens rápidas, e assim se segue até que lhe sobrevenha o sono e a consciência desaparece.

Como mencionado, toda essa fenomenologia descrita nos dois parágrafos anteriores significa estar em ressonância com as vibrações mentais do cosmos, ou, vibrações do cosmos que se nivelam com as possibilidades vibratórias do cérebro humano.

Porém, nessa flutuação hipnagógica podemos dizer que está acontecendo uma ressonância desorganizada.

Página 1 de 2

Devocional 2017

Devocional on-line grátis!

capa cibi2017 books empilhados

Diante dos problemas, Neemias aprendeu o que Deus pode fazer através da vida de uma pessoa disposta.

Copyright©2018, AlcanceVitória® - CNPJ: 20.530.998/0001-43 - Todos os Direitos Reservados.
AlcanceVitória® | Documentation