Domingo, Julho 21, 2019

Se o meu povo...

O que chama atenção de Deus para que ele venha nos socorrer? O que podemos fazer para Deus nos ouvir, entrar em nossa história e mudar? O que você pode fazer hoje?

Não há saída heroica, nem individual no reino de Deus. Nós somos um povo e estamos colocados todos na mesma situação, quer queiramos ou não. As nossas dificuldades individuais não são de forma alguma mais importante do que as dificuldades de todos nós.

Por isso a Bíblia afirma que somos um corpo: o corpo de Cristo, na terra. "Pois assim como em um corpo temos muitos membros, e todos os membros não têm a mesma função, assim também nós, embora muitos, somos um só corpo em Cristo, e cada membro está ligado a todos os outros. " (Romanos 12.4-5 e 1 Coríntios 12.12-27). Paulo afirmou as particularidades do corpo:

  1. o corpo é uma só unidade e possui muitos membros, e todos tem funções diferentes
  2. Deus dispôs cada um dos membros no corpo, segundo a sua vontade.
  3. os membros do corpo que parecem mais fracos são essenciais;
  4. quando um membro sofre, todos os demais sofrem com ele; quando um membro é honrado, todos os outros se regozijam com ele.

Deus não nos trata no aspecto pessoal, mas no coletivo. Não é: "bênçãos para mim e problemas para os outros", ou ainda, como se diz no popular, "cada um per si e Deus por todos". Não, nós fazemos parte do corpo de Cristo que se reúne neste lugar e sendo parte deste corpo não é a saúde de uma parte, mas a saúde do todo. Quando uma parte do corpo está enfermo, todo o corpo está.

Entretanto, a menos que entendamos isso, seremos como a pessoa que está morrendo com um câncer fatal e está fazendo plástica no rosto. Às vezes nos esquecemos que a minha bênção passa pela bênção na vida do meu irmão. Você vai perceber na Bíblia, que sempre que Deus levantou uma pessoa para solucionar algo, havia uma motivação coletiva. Deus está sempre olhando para o conjunto do seu povo. No meio de uma tempestade, em alto mar, não importa quem nada melhor ou quem tem mais instrução; todos precisam focar a saída daquela situação. Todos estamos no mesmo barco e precisamos remar juntos, tirar água juntos, concertar juntos, trabalhar juntos, unidos no mesmo propósito e mesma direção.

Então, a minha pergunta é: O que chama atenção de Deus para que ele venha nos socorrer? O que podemos fazer para Deus nos ouvir, entrar em nossa história e mudar? O que você pode fazer hoje?

Abra sua Bíblia e leiamos juntos o texto: Êxodo 2.24-3.10 e deixe a Palavra Viva falar contigo nesta noite:

23 Muito tempo depois, morreu o rei do Egito. Os israelitas gemiam e clamavam debaixo da escravidão; e o seu clamor subiu até Deus.

24 Ouviu Deus o lamento deles e lembrou-se da aliança que fizera com Abraão, Isaque e Jacó.

25 Deus olhou para os israelitas e viu qual era a situação deles.

1 Moisés pastoreava o rebanho de seu sogro Jetro, que era sacerdote de Midiã. Um dia levou o rebanho para o outro lado do deserto e chegou a Horebe, o monte de Deus.

2 Ali o Anjo do Senhor lhe apareceu numa chama de fogo que saía do meio de uma sarça.

3 Moisés viu que, embora a sarça estivesse em chamas, esta não era consumida pelo fogo.

"Que impressionante! ", pensou. "Por que a sarça não se queima? Vou ver isso de perto. "

4 O Senhor viu que ele se aproximava para observar. E então, do meio da sarça Deus o chamou: "Moisés, Moisés! " "Eis-me aqui", respondeu ele.

5 Então disse Deus: "Não se aproxime. Tire as sandálias dos pés, pois o lugar em que você está é terra santa".

6 Disse ainda: "Eu sou o Deus de seu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, o Deus de Jacó". Então Moisés cobriu o rosto, pois teve medo de olhar para Deus.

7 Disse o Senhor: "De fato tenho visto a opressão sobre o meu povo no Egito, e também tenho escutado o seu clamor, por causa dos seus feitores, e sei quanto eles estão sofrendo.

8 Por isso desci para livrá-lo das mãos dos egípcios e tirá-los daqui para uma terra boa e vasta, onde manam leite e mel: a terra dos cananeus, dos hititas, dos amorreus, dos ferezeus, dos heveus e dos jebuseus.

9 Pois agora o clamor dos israelitas chegou a mim, e tenho visto como os egípcios os oprimem.

10 Vá, pois, agora; eu o envio ao faraó para tirar do Egito o meu povo, os israelitas".

Que o Senhor aplique esta palavra ao seu coração!

Da leitura destes versículos, podemos compreender cinco verdades que irão transformar as nossas vidas quando as praticarmos.

1 - SÓ CLAMA AO SENHOR QUEM ESTÁ EM SITUAÇÃO DESCONFORTÁVEL (vs 23)

  1. No salmo 107, lemos que ao longo da caminhada, foram várias vezes que os israelitas clamaram ao Senhor, sempre quando estavam em angústias e dificuldades.
  2. Assim como os israelitas, nós também só clamamos quando estamos em angústias, necessidades e dificuldades;
  3. Existem aqueles que mesmo diante das lutas, vão teimando até que suas forças estejam exauridas, até chegarem no fundo do poço, daí clamam;
  4. A expressão "muito tempo depois", retrata, os quarenta anos que Moisés tinha fugindo do Egito. Você não acha muito tempo para clamar?
  5. Muitos precisam chegar ao fundo do poço para descobrir o quanto é maravilhoso clamar e ser ouvido por Deus.
  6. Até mesmo os loucos, os tolos e os insensatos, que desprezam a Palavra de Deus, quando se arrependem e clamam ao Senhor, são ouvidos e salvos. (Sl 72.12)

2 - O CLAMOR QUE TOCA O CORAÇÃO DE DEUS É AQUELE BASEADO NAS SUAS PROMESSAS (vs 24)

  1. O Senhor prometera a Abrão que após 400 anos, ele tiraria seu povo do Egito; (Gn 15.13; At 7.6) e Deus disse a Abraão que sua descendência seria escravizada e afligida;
  2. No entanto eles sairam apenas quando completaram 430 anos (Êx 12.40,41);
  3.  O tempo pode demorar a chegar, mas jamais anulará a aliança previamente estabelecida por Deus, de modo que venha a invalidar a promessa. (Gl 3.17)
  4. Ele é um Deus de aliança - compromisso do qual o Senhor jamais deixará de cumprir;
  5. Ele é fiel nas suas promessas para conosco, mesmo que passe muitos anos;
  6. Deus atua baseado nas suas promessas e não nas nossas necessidades;
  7. Quando o nosso clamor é sincero e focado no povo de Deus, Ele nos ouve e nos concede a  oportunidade de uma vida transformada (Sl 18.6)

3 - QUANDO CLAMAMOS, DEUS OUVE E SE MANIFESTA (vs 2-5)

  1. Diante das lutas, dos fracassos enfrentados na vida, muitos pensam que o Senhor não se importa;
  2. Deus não se esquece de ninguém e nada passa despercebido aos seus olhos.
  3. Toda crueldade e humilhação imposta ao povo de Deus é sempre vista do alto;
  4. Deus não se manifestou por causa da curiosidade ou busca de Moisés; ou ainda para resolver os problemas pessoais dele;
  5. Deus deseja se revelar a todos.
  6. Quando Deus age, seu favor, traz bênçãos para todos no corpo;
  7. Quando o povo de Deus clama, ele mesmo vem socorrer (vs. 2)
  8. O anjo do Senhor, é o próprio Senhor Jesus que se manifestou poderosamente naquela sarça ardente.
  9. Esteja sempre pronto para visitas surpresas de Deus - a sarça estava em chamas.

4 - PARA FALAR COM DEUS, REMOVA OS IMPEDIMENTOS (vs 5-10)

  1. Foi no deserto, e não no palácio, que Moisés viveu suas mais valiosas e intensas experiências espirituais;
  2. No deserto, não havia em Moisés beleza, vaidade, ego, e nada que pudesse distrair-lhe seu espírito;
  3. Para falar com Deus, precisamos remover os impedimentos;
  4. Aquele que deseja conhecer melhor o Senhor e seu poder, deve se esvaziar de preconceitos, religiosidade, orgulho, vaidades, dúvidas e outros sentimentos ruins, inclusive o de se achar melhor que os outros.
  5. Somente com o interior limpo é que recebemos a maior dádiva da vida cristã: a manifestação do poder do Espírito Santo.
  6. Antes de falar com Deus, Moisés teve que tirar os sapatos dos seus pés. A revelação espiritual só vem para os que se humilham, isto é, reconhecem que em tudo, dependem apenas do Senhor;
  7. Quando ouvimos o Senhor é comum sermos levados a uma crise de fé, seguida por uma crise de obediência. Moisés temeu ao Senhor e lhe obedeceu sua voz.
  8. Quando somos sensíveis à voz de Deus, sempre haverá a possibilidade de experimentarmos algo sobrenatural.

5 - QUANDO DEUS SE MANIFESTA, ELE TE USA EM FAVOR DO SEU POVO (vs. 8-10)

  1. A manifestação da presença de Deus sempre tem um propósito e uma missão clara;
  2. A missão é sempre voltada para o coletivo, todo o seu povo e não para as nossas necessidades;
  3. Quando Deus se manifesta, ele nos dá novas e preciosas promessas; (vs. 8)
  4. Quando Deus se manifesta, ele começa a produzir mudanças significativas nas nossas vidas;
  5. Quando Deus se manifesta, ele levanta pessoas para fazer a diferença em favor do seu povo;
  6. Moisés tinha o desejo de ser usado por Deus, mas Deus só o usou quando o povo clamou;
  7. A minha missão como cristão, nesta igreja, passa pelo clamor dos meus irmãos ao meu lado; Deus não tem pressa, para agir. Ele esperou 80 anos por Moisés.
  8. Quando participamos deste encontro divino, recebemos dele a capacidade para suportar as dificuldades da missão e jamais para agir por conta própria;
  9. Forjado no deserto, Moisés ganhou a incrível habilidade para liderar o povo de Deus neste ambiente - enquanto ele esperou os 40 anos, Deus lhe gerou maturidade, e compreensão sobre o seu povo, e seu propósito no mundo.
  10. Moises subiu ao Sinai como um simples pastor de ovelhas e desceu como líder de uma grande nação. Aqueles que obedecem a Deus são honrados por ele.
  11. No entanto o livramento não viria de Moisés mas do alto. Infelizmente muitos crentes depositam sua confiança em homens e se frustram.

CONCLUSÃO: Estamos juntos, neste lugar, mas quem somos nós? Somos um ajuntamento de pessoas diferentes e desconexas ou somos um só povo, unidos no mesmo propósito? O que te traz aqui? Porque você é membros desta Igreja? Você tem consciência que Deus te colocou neste lugar? Não pense que você é melhor que os outros. Quando Deus nos coloca numa situação perceba que todos ao seu redor estão vivendo o mesmo problema. Você pode virar as costas para o seu irmão, hoje e tentar uma saída heroica, mas Deus não irá resolver o seu problema, você apenas irá mudar de endereço. O problema será apenas transferido de lugar. Mas se você entende que é parte do corpo de Cristo neste lugar, que você pode ser usado para abençoar quem está ao seu lado, você abrirá o seu coração para ser a solução de Deus para abençoar o seu povo. Deus está olhando para esta congregação, para as suas necessidades e problemas, mas espera ouvir um clamor coletivo, do povo que se chama pelo seu nome. Amo a promessa de 2 Crônicas 7.14: "se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra."

Estamos juntos e misturados, unidos no mesmo propósito!

Powered by: Preachitsuite