Lista de Mensagens Ministradas

Dom, Set 04, 2016

Razões para agradar ao Senhor

Palavra ministrada pelo pastor Elton Melo no culto da Primeira Igreja Batista Independente de Curitiba, em 04/09/2016, com o tema "Razões para agradar ao Senhor", tendo como base o texto de 2 Coríntios 5.15. Se você deseja agradar ao Senhor, entenda o que realmente o agrada em nós. Vida cristã é simples e descomplicada. A vida cristã é simples e deve ser descomplicada. O que demonstrará Jesus como resposta a este mundo, não é o que está escrito na Bíblia, mas sim como aplicamos os ensinamentos do mestre no nosso dia-a-dia.
Duração:54 mins 50 secs

Meus amados, estamos começando hoje, no nosso primeiro culto de domingo de setembro, um novo momento na vida da nossa Igreja. Reunidos com os líderes ontem, nós ouvimos as necessidades e isso só veio confirmar o que o Senhor tinha colocado em nosso coração para este tempo. Nossa Igreja precisa desenvolver laços entranháveis de afeto e compaixão (Filipenses 2.1). Precisamos sempre trazer à memória as razões pelas quais estamos aqui nesta noite, pelas quais esta pessoa está assentada ao seu lado. A igreja do Senhor tem um propósito, uma missão: ganhar vidas para Senhor, demonstrando os valores do Reino de Deus a este mundo. Se é fácil e rápido entender o que temos que fazer, há dificuldades quanto ao como fazer. Nesta noite, quero responder contido algumas perguntas: a) porque estamos aqui; b) porque não podemos viver para nós mesmos; c) O que agrada a Deus.

1. Ele morreu por todos.
a) A finalidade da cruz está expressa em Gálatas 1.4 – “que se entregou a si mesmo por nossos pecados a fim de nos resgatar desta presente era perversa, segundo a vontade de nosso Deus e Pai”.
b) Éramos escravos, fomos comprados e libertos – alforriados, perdoados; isto é, através do seu sacrifício Jesus pagou toda a nossa iniquidade – Tt 2.14; Desarraigar-nos do mundo perverso – Gl 1.4 -
c) Éramos inimigos, fomos feitos amigos de Deus – Jesus conduz-nos a Deus – 1Pe 3.18;
d) Éramos filhos da ira, fomos feitos filhos do amor de Deus, por adoção – Gl 4.5;
e) Éramos rebeldes, mas fomos tornados filhos obedientes; Jesus mostra-nos um novo modo de vida 2Co 5.15;
f) Concedeu-nos o seu Espírito prometido – Gl 3.13-14.

2. Para que não vivamos para nós mesmos.
a) Não podemos viver, agora, para nós mesmos. O apóstolo Paulo, em Gálatas 2.20, reforça isso, ao afirmar que “fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim”;
b) Quem vive para si mesmo e para o mundo, irá perder a sua vida – Mt 16.25-26; At 20.24;
c) Quem não tem Cristo no governo da sua vida, tem o próprio EU no centro de sua vida – Gl 2.20;
d) Não é mais o meu interesse, a minha necessidade. O EU precisa sair de foco;
e) Enquanto não alinhamos isso, não desfrutamos das bênçãos do relacionamento com o nosso Deus e Pai;

3. Mas vivamos para agradar ao Senhor.
a) Quem segue a Jesus, precisa carregar a sua própria cruz;
b) Quem segue a Jesus, precisa andar como ele andou – 1Jo 2.6;
c) Somos salvos para servir – Ef. 2.10 e sermos agentes do novo reino – 2Co 2.20, como embaixadores a este mundo em trevas e caos;
d) Somos chamados a testemunhar através dos nossos atos e, se necessário, com palavras;
e) Nossa meta, agora, é agradar ao Senhor. E o que o agrada?
f) Viver em santidade – cada vez mais consagrados ao Senhor;
g) Desfrutar do amor e demonstrar este amor ao próximo – o padrão do Novo testamento é “amar como Jesus amou”- Ef. 5.2;25;
h) Viver com alegria e singeleza de coração – At 2.46; vida cristã não é um fardo.
i) Isso nos fala de Comunhão – ter tudo em comum –
j) Para ter comunhão, é preciso santidade, amor e simplicidade
k) A igreja primitiva ainda é o nosso referencial: tinham tudo em comum, estavam sempre juntos, não havia falta alguma entre eles.

Conclusão: A vida cristã é simples e deve ser descomplicada. O que demonstrará Jesus como resposta a este mundo, não é o que está escrito na Bíblia, mas sim como aplicamos os ensinamentos do mestre no nosso dia-a-dia. Todos conseguem perceber quando o EU fala mais alto e, por isso, esta vida não atrai ninguém a Cristo. Somente se Cristo for visível em nós, através das nossas atitudes, é que as pessoas vão perceber que há algo diferente e melhor. O mundo anseia por um novo modelo. Jesus continua sendo o mesmo ontem, hoje e será eternamente. Só precisamos viver o que cremos!

 

Powered by: Preachitsuite