Lista de Mensagens Ministradas

Dom, Ago 20, 2017

Depois que o galo cantou

Amados em Cristo, graça e paz. Quero lhes ministrar sobre a vida de Pedro, um simples pescador da Galileia, transformado num dos principais discípulos de Cristo. Tenho certeza que você já ouvir falar da história de Pedro. Tenho também certeza que muitos de nós se identificam com a sua história. Há algumas perguntas importantes: Porque Pedro negou Jesus? Será que nós também corremos o risco de negar a Jesus? Como a gente participa disso, mesmo sem ter a noção? Como Jesus reagiu à negativa de Pedro? Como jesus reage quando o negamos hoje? O que Jesus fez para restaurar Pedro naqueles dias? O que Jesus está fazendo para restaurar a sua vida hoje? Abra comigo o Evangelho de Lucas, capítulo 22, dos versículos 54 a 62.

NVI

NVT

54 Então, prendendo-o, levaram-no para a casa do sumo sacerdote. Pedro os seguia à distância.

55 Mas, quando acenderam um fogo no meio do pátio e se sentaram ao redor dele, Pedro sentou-se com eles.

56 Uma criada o viu sentado ali à luz do fogo. Olhou fixamente para ele e disse: "Este homem estava com ele".

57 Mas ele negou: "Mulher, não o conheço".

58 Pouco depois, um homem o viu e disse: "Você também é um deles". "Homem, não sou! ", respondeu Pedro.

59 Cerca de uma hora mais tarde, outro afirmou: "Certamente este homem estava com ele, pois é galileu".

60 Pedro respondeu: "Homem, não sei do que você está falando! " Falava ele ainda, quando o galo cantou.

61 O Senhor voltou-se e olhou diretamente para Pedro. Então Pedro se lembrou da palavra que o Senhor lhe tinha dito: "Antes que o galo cante hoje, você me negará três vezes".

62 Saindo dali, chorou amargamente.

54 +Então eles o prenderam e o levaram à casa do sumo sacerdote. Pedro o seguiu de longe.

55 +Os guardas acenderam uma fogueira no meio do pátio e sentaram-se em volta, e Pedro sentou-se com eles.

56 +Uma criada o notou à luz da fogueira e começou a olhar fixamente para ele. Por fim, disse: “Este homem era um dos seguidores de Jesus!”.

57 +Mas Pedro negou, dizendo: “Mulher, eu nem o conheço!”.

58 +Pouco depois, um homem olhou para ele e disse: “Você também é um deles!”. “Não sou!”, retrucou Pedro.

59 +Cerca de uma hora mais tarde, outro homem afirmou: “Com certeza esse aí também estava com ele, pois também é galileu!”.

60 +Pedro, porém, respondeu: “Homem, eu não sei do que você está falando”. E, no mesmo instante, o galo cantou.

61 +Então o Senhor se voltou e olhou para Pedro. E Pedro se lembrou das palavras dele: “Hoje, antes que o galo cante, você me negará três vezes”.

62 +E Pedro saiu dali, chorando amargamente.


1- O que causou a queda de Pedro?
Nenhuma queda acontece por simples acidente de percurso. Na vida espiritual e a na vida física, acidentes acontecem por falhas ou por falta de algum cuidado. Quase sempre, por detrás de uma queda, há uma causa, humana ou técnica. Nenhum de nós quer falhar, e nenhum de nós levanta da cama logo cedo predisposto a falhar, mas eventualmente falhamos. Nesta primeira parte da mensagem, vamos compreender o que levou Pedro a falhar com Jesus.

  1. Pedro estava autoconfiante (autoconvencido) – Lc. 22.33
  2. Pedro dormiu quando devia ter vigiado – Lc 22.45;
  3. Pedro reagiu aos problemas de modo carnal – Lc 22.50;
  4. Pedro seguiu Jesus de longe – Lc 22.54
  5. Pedro assentou-se com os ímpios – Lc 22.55; Sl 1.1
  6. Pedro escondeu-se atrás de mentiras – Lc 22.58;
  7. Pedro se envergonhou do Nome de Jesus – Lc 22.57
  8. Pedro praguejou e jurou falsamente – Lc 22.57,58,60; Mc 14.71;


2- Passos na restauração de Pedro: como Jesus restaurou Pedro?

  1. Jesus intercedeu por ele – Lc 22.32
  2. Jesus olhou entristecido para Pedro – Lc 22.61 -
  3. Pedro lembrou das palavras de advertência de Jesus - Lc 22.31;61
  4. Pedro chorou amargamente – Lc 22.62
  5. Pedro correu para refugiar-se no Senhor – Lc 24.12; Jo 20.4-6
  6. Pedro ficou a sós com Jesus – Lc 24.34
  7. Jesus restaurou-o e lhe deu uma nova missão – Jo 21.15-17
  8. Pedro, restaurado, torna-se líder da nova Igreja – At 2.14-16

 

  1. Jesus intercedeu por ele – Lc 22.32 - é interessante que Jesus não interpela o apóstolo pelo nome “Pedro”, mas duas vezes (Lc 10.41; At 9.4) chamando- o pelo seu nome natural “Simão”, a fim de chamar atenção de Pedro, pelo seu caráter natural. Era preciso que ele o fizesse sentir que em breve não se pareceria com uma rocha, mas com um caniço que tremula. De acordo com a tradução literal Satanás requereu para si todos os discípulos, por assim dizer demandou sua entrega. Satanás requer para si os discípulos de Deus da maneira como fez no passado com Jó (cf. Jó 1.4ss), a fim de peneirá-los como o trigo. Visa sacudi-los na peneira, para separar os grãos da palha. Satanás deseja frustrar a obra da redenção.
  2. Jesus olhou entristecido para Pedro – Lc 22.61 - A queda de Pedro foi negar que conhecia a Cristo e que era seu discípulo; o negou devido à angústia e ao perigo. Quando uma pessoa uma vez diz uma mentira, é tentado fortemente a persistir: o começo desse pecado, como nas lutas, é como deixar correr a água. O Senhor se volta e olha para Pedro. Como foi este olhar de Jesus?
    a) Foi um olhar acusador. Jesus se voltou e o olhou como dizendo "Pedro, não me conheces?"
    b) Foi um olhar de recriminação. Pensemos com que aspecto de repreensão nos olha Cristo, com justiça, quando pecamos.
    c) Foi um olhar de admoestação. "Você era o mais disposto a confessar-me como Filho de Deus, e prometeu solenemente não negar-me jamais!"
    d) Foi um olhar compassivo. "Pedro, quão caído e desarmado estás se não te ajudo!"
    e) Foi um olhar de autoridade. "Vai e repensa a sua vida, suas atitudes".
    f) Foi um olhar significativo. Significava a transmissão de graça ao coração de Pedro para capacitá-lo, para que se arrependesse. A graça de Deus opera na palavra de Deus e por ela, a traz à mente e a faz chegar até a consciência, e assim dá a alma o feliz regresso. Cristo olhou aos principais sacerdotes, mas não os impressionou como a Pedro. Não foi somente o olhar de Cristo o que restaurou a Pedro, senão sua graça divina nela.
  3. Pedro lembrou das Palavras de advertência de Jesus - Lc 22.31;61 - Nas palavras “por ti”, ao contrário de “vós”, reside a ideia de que Pedro carecia de forma especial, em relação aos demais, da intercessão do Senhor para que sua fé não desfalecesse. Certamente é permitido a Satanás verificar o trigo, para que a palha seja separada do trigo. Deus, porém, já tomou providências para que nenhum grãozinho se perca (Am 9.9). Jesus evoca a pá que ele próprio maneja segundo as palavras de João Batista, a fim de separar, na eira, toda a palha dos grãos. Ao verificar ou remexer Satanás recebe tão somente a palha, ao passo que Deus guarda os próprios grãos. Embora Pedro chegue quase a perder a fé por causa de sua profunda queda, o Senhor apesar disso lhe promete que continuará sendo apóstolo e, depois de se arrepender, fortalecerá seus irmãos.
  4. Pedro chorou amargamente – Lc 22.62
  5. Pedro correu para refugiar-se no Senhor – Lc 24.12; Jo 20.4-6
  6. Pedro ficou a sós com Jesus – Lc 24.34
  7. Jesus restaurou-o e o incumbiu de uma nova missão – Jo 21.15-17
  8. Pedro, restaurando, torna-se líder da nova Igreja – At 2.14-16

Conclusão: A queda e o arrependimento fizeram parte dos meios pelos quais ele se tornou um destacado apóstolo. Afirmações de suas cartas, que espelham a história de sua queda e seu arrependimento (leia 1Pe 1.13; 2.1,11; 3.12,15; 5.5,8) são apropriadas para proteger contra esse pecado e reerguer novamente um pecador caído.


Se você puder, eu recomendo que assista o filme sobre este episódio: https://www.youtube.com/watch?v=s8G2NupbkMw

Powered by: Preachitsuite