Lista de Mensagens Ministradas

Palavra ministrada pelo pastor Elton Melo, no culto Culto de Celebração da Primeira Igreja Batista Independente de Curitiba, em 04/06/2017, sob o texto de Efésios 1.3-14, onde mostra a ação do PAI, do FILHO e do ESPÍRITO SANTO, a favor da nossa salvação.
Duration:48 mins 7 secs

INTRODUÇÃO: Na sua epístola aos efésios, o apóstolo Paulo enfatiza como Deus deseja que sua igreja, o seu povo ande. Duas palavras se destacam: AMOR e UNIDADE. Unidade, porque somos um único corpo, e amor, porque este andar junto não é de qualquer jeito. Para isso, o próprio Deus que nos chamou, preparou-nos inesgotáveis recursos espirituais afim de que possamos cumprir o propósito geral de Deus para sua igreja: Louvar e glorificar a Deus (Efésios 1). A epístola se divide em duas porções essenciais: a) as provisões para um caminhar unido e, b) a prática de um caminhar unido. Sobre estes dois assuntos principais vamos ministrar nos próximos meses. Nesta mensagem, vamos compreender o valor da nossa fonte tríplice da nossa salvação:

1 – Escolhidos pelo PAI para sermos filhos – (vs. 3 a 6)

  1. Bênçãos espirituais nas regiões celestiais (v.3). Tem nos abençoado, isto é, essas bênçãos espirituais são celestiais em sua origem, e que do céu vieram para os santos e que se acham na terra – fato passado, consumado;
  2. De eternidade a eternidade Deus opera todas as coisas de acordo com seu plano perfeito;
  3. Estas bênçãos estão em Cristo e, consequentemente, os cristãos são abençoados quando conectados n’Ele;
  4. É a partir de Cristo que nos vem toda benção espiritual que flui do Pai; com relação aos homens, seu alvo é bem prático, que eles sejam para louvor de Sua glória;
  5. Deus nos predestinou e nos adotou. Isso é uma maneira de dizer que toda a nossa salvação, do início ao fim, é de Deus;
  6. A predestinação não é para nos dar privilégios, mas para nos dar trabalho. Ela é um lembrete de que as boas obras não são opcionais para o crente, mas o primeiro objetivo de sua predestinação;
  7. Objetivos da nossa eleição em Cristo:

1. Santidade (Mt 5.48) - eleição não é apenas para salvação, mas para santidade de vida, isto é, conduzir o cristão à imagem de Cristo (Rm 8.29). Isso não exprime perfeição na vida presente, mas manifesta o humano em estado de feitura. A santidade não é um mero ato ritualístico, mas tem a ver com o modo de vida;

2. Ser irrepreensível (Cl 1.22), isto é, sem defeito, perfeito, diante de Deus como juiz. “O que se deve levar em conta não é o que somos pela avaliação dos homens, e sim o que somos aos olhos de Deus”. (Hendriksen);

3. Adoção de filhos (v.5,6), ‘Em amor nos predestinou para filhos adotivos’.

2 – Redimidos em CRISTO para sermos adotados – (vs. 7-12)

  1. Estar em Cristo, nos apresenta os seguintes benefícios espirituais: isto é, ele nos abençoou no amado:
  2. Redenção – fomos libertos da escravidão do pecado, tornando-nos dignos de ser filho de Deus;
  3. Remissão dos pecados - eles não foram simplesmente anulados, foram totalmente pagos;
  4. Graça, isto é, favor imerecido - Ao ser adotada, a criança participava dos mesmos direitos e deveres de um filho legítimo - Somos herdeiros porque há um primeiro herdeiro que nos associa à sua herança. Ser filho de Deus resulta numa em nova relação com Ele. Todo o processo redentor visa esse aspecto filial. Cristo é o centro de tudo e é nEle que Deus faz realidade aquilo que ainda é inexistente.
  5. A graça vem acompanhada de dons (presentes): Salvação (Efésios 2.8); Adoção (Efésios 1.5); Direito à herança (Efésios 1.11); Cidadania celestial (Filipenses 3.20); Santidade (Efésios 1.4); Acesso a Deus (Efésios 2.18); Perdão (Efésios 1.7); Preparação para o serviço (1Pedro 2.5-9); Habitação do Espírito Santo (Efésios 1.13); Armadura de Deus (Efésios 6.10-18); f. por isso a graça de Deus é multiforme (1Pedro 4.10).

3 – Selados pelo ESPÍRITO SANTO (vs. 13 a 14)

  1. Em Cristo, fomos feitos herança (vs. 11). Não somente recebemos a herança como primogênitos, mas também nos tornamos a herança de Deus para a glória dele (vs. 12). Ele nos recebe!
  2. Fomos selados com o mesmo Espírito da promessa;
  3. O Espírito é o penhor (garantia, sinal, entrada) da nossa herança (14). As afirmações do Espírito sobre a nossa salvação nos consolam enquanto aguardamos a vinda de Cristo e a glória eterna.
  4. Deus nos sela, nos marca com Seu Espírito, aquilo que havia sido prometido ao seu povo (Israel) (At 1.8), agora é derramado sobre todo aquele que ouviu a Palavra da verdade o evangelho da salvação e creu é selado pelo Santo Espírito da promessa (v. 13).
  5. O Espírito Santo nos garante que um dia nós, a propriedade de Deus será resgatada de uma vez por todas deste mundo para o louvor da Sua glória (v. 14).

Conclusão: Podemos entender como toda a trindade (Pai, Filho e Espírito Santo operam na nossa salvação diária. Deus é maravilhoso pois seu operar sobre nós visa garantir que todo o seu trabalho não será perdido. Ele nos escolheu, nos adotou e nos garante o destino final.

Powered by: Preachitsuite