Notícias

Escrito por Elton Melo

Assumimos o campo missionário no dia 22/12/2004, iniciamos um trabalho visando a reestruturação ministerial da igreja. Nosso maior esforço até o mês de setembro de 2005 tem concentrado em pregar a palavra buscando novos convertidos. As ações de evangelismo tem sido nossa prioridade. Ao mesmo tempo, nossa ação nos primeiros seis meses concentrou na visita aos membros e implantamos um programa de discipulado individual, onde todos os membros foram discipulados. O discipulado visa criar uma liderança local capaz de compreender as verdades bíblicas e multiplicar o crescimento da igreja.


Fechamos o mês de setembro de 2005 com 25 membros, tendo uma freqüência média de 35 pessoas nos cultos de domingo e, um total de 43 pessoas entre crianças e não-batizados. Temos trabalhado para valorizar o esforço da CIBIPAR e das igrejas filiadas que têm mantido em pé o trabalho missionário aqui em Pato Branco. Até o final do ano, haverá um batismo para que os novos convertidos e para aqueles que ainda vão chegar possam concretizar este importante passo.

Consideramos que o trabalho aqui, apesar dos esforços que foram feitos anteriormente pelos missionários, é de recomeçar. É preciso recomeçar tudo novamente. Implantamos a Escola Dominical, o uso do Cantor Cristão na abertura dos cultos e distribuição do Jornal Luz nas Trevas. Temos uma reunião de oração, todas as terças, onde estimulamos os amados a buscarem ao Senhor. Em trabalhos específicos com Mulheres, ressaltamos a realização de dois chás com ministração feita para mulheres; jovens, implantamos dois grupos de comunhão e edificação para as faixas etárias de 12 a 16 e acima de 16 anos, fazendo com que as reuniões dos jovens se tornem mais dinâmicas e haja maior participação.

Destacamos como positivo o crescimento espiritual e a chegada de novos membros. A meta colocada diante do Senhor é que tenhamos 60 pessoas até o final de 2005 e para 2006, temos em mente um crescimento de 100%, fechando com 120 pessoas e implantar definitivamente a igreja com estatutos e diretoria próprios. Para isso, trabalhamos estimulando a igreja a contribuir e participar.

Temos trabalhado para honrar e amar as ovelhas que o Senhor tem nos dado! Eu e minha esposa, missionária Nice, temos nos empenhado e procurado valorizar os esforços e recursos disponibilizados pela CIBIPAR. Fica aqui o nosso agradecimento em nome da Igreja de Pato Branco, porque a Convenção jamais deixou de apoiar a obra missionária nesta cidade, apesar dos reveses e das dificuldades que aconteceram no passado. Somos gratos ao Senhor pela confiança e pela esperança depositada em nós para cumprirmos o IDE do Senhor. Agradecemos a cada pastor, cada ministro e também à diretoria da CIBIPAR pelos recursos que têm nos mantido neste campo. Deus estará retribuindo o esforço investido neste campo missionário.

Missionários Elton Batista de Melo e Ionice Silva Melo”

Categoria: