Eclesiologia - alcancevitoria | 2016

Escrito por Elísio Quintino


5.4 TIATIRA

A CIDADE – A rica cidade de Tiatira era conhecida como um centro comercial, no fértil vale do rio Lico. Era também, a cidade de Lídia, uma empreendedora cristã, que através do comércio de púrpura (At.16), ouviu a pregação do apóstolo Paulo e foi salva. Não sabemos se foi ela quem levou o evangelho a Tiatira; o certo é que o Evangelho chegou até lá, e que havia uma próspera igreja na cidade. O nome atual da cidade é Akhisar (fica na Turquia), foi um importante centro comercial da Ásia Menor, na fronteira entre a Lídia e a Mísia. Antes de ser refundada como um posto militar por Seleuco I Nicator, um dos generais de Alexandre, o Grande, em 280 a.C., chamava-se Pelópia. Foi destruída por um grande sismo durante o reino de Augusto (r. 27 a.C.–14 d.C.), mas foi reconstruída com a ajuda do Império Romano. A cidade em si dava a impressão de “fraca tornada forte”.

Era famosa pelo seu comércio e pela sua produção de têxteis, incluindo o índigo.Na Antiguidade, a cidade era conhecida pelas suas muitas guildas comerciais. Para poder trabalhar no comércio era necessário que o cidadão pertencesse a alguma delas, sendo muito comum que os seus membros participassem de festas dedicadas às divindades pagãs.

A IGREJA DE TIATIRA – (Tempo na história 590 a 1517 d.C.) – A igreja corrupta, papal.

Qualidades:

– Conheço a tua caridade (amor)

– Serviço, fé e paciência

– Tuas últimas obras são mais que as primeiras.
Defeitos:

– Toleras Jezabel, mulher que se diz profetiza, ensinar e enganar os meus servos, para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria.

– Dei-lhe tempo para que se arrependesse e não se arrependeu.
Conseqüências;

– Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação. Ferirei de morte os seus filhos.

O período desta igreja é maior de todos. Foi a época em que as trevas cobriram a verdadeira igreja. A idolatria, o culto às relíquias e aos santos, o sacrifício da missa, o batismo de crianças, o celibato clerical e muitos outros dogmas de homens foram introduzidos no seio da igreja e a verdadeira doutrina foi sucumbida.
Recompensas

Autoridade sobre as nações: Os cristãos perseguidos foram vítimas da maldade dos homens poderosos deste mundo, até do poder do governo. Mas os vencedores dominariam sobre as nações com o poder do Ungido de Deus (compare a linguagem deste texto com Salmo 2.8-9). Jesus daria aos fiéis o privilégio de participar deste vitorioso reino messiânico (veja 5.9-10; Romanos 5.17; Efésios 2.6).

A estrela da manhã: Jesus é a estrela da manhã (22.16; veja 2 Pedro 1.19). Qual maior recompensa para o vencedor do que chegar ao eterno dia iluminado para sempre pela luz de Jesus?