Esboços

Escrito por Elton Melo

Ministração realizada no Templo da Igreja Batista Independente em Pato Branco - 16/12/2007, pelo pastor Elton Batista de Melo  (charge ao lado) - Introdução: O trabalho tem sido visto das mais diversas formas ao longo da história humana. Alguns consideram o trabalho como um fardo, um peso, até mesmo uma maldição, uma vez que Deus determinou que o homem deveria viver com o suor do seu rosto (Gênesis 3.19), resultante do pecado que entrou no mundo. Em algumas culturas, como a latina (derivada dos gregos e romanos) o trabalho era considerado como uma tortura (tripuliare), daí que somente os pobres e despossuidos deveriam trabalhar, portanto trabalho era para escravo. No filme “1492 a Descoberta do Paraíso”, ao relatar sobre os irmãos de Cristóvão Colombo, mostra que eles não queriam trabalhar e sim viver como reis, afinal, estavam no paraíso. No entanto, esta idéia do trabalho como maldição não tem respaldo bíblico, pois Deus ama a prosperidade (resultado do nosso trabalho com confiança em Deus) – Salmo 35.27. Nesta noite vamos descobrir alguns princípios importantes para que o nosso trabalho jamais seja um fardo, mas um meio de abençoar nossa casa, nossa igreja, nossa sociedade. Abra sua Bíblia em 2 Tessalonicenses, 3.6-12.

 

1 – A BÍBLIA CONDENA A PREGUIÇA E A INDOLÊNCIA

a)       Vai ter com a formiga, ó preguiçoso – provérbios 6.6-11 – se você for preguiçoso, o resultado vai ser a sua pobreza;

b)       Pela muita preguiça desaba o teto e da frouxidão das mãos a casa goteja – Eclesiastes 10.18 

c)       O que encolhe a mão empobrece – a mão do diligente enriquece – provérvios. 10.4 

d)       É melhor ser uma pessoa comum e trabalhar para viver do que bancar o rico e passar fome – provérbios 12.9 

e)       Não perca tempo com coisas inúteis – Pv. 12.11 

f)         Não ames o sono, abre bem os teus olhos e te fartará do próprio pão – provérbios 20.13; 

g)       Somente no dicionário o sucesso vem antes do trabalho – quem ama o prazer, o vinho e o azeite, jamais enriquecerá  - provérbios 21.17. 

h)       O preguiçoso tem medo de tudo, acha que tudo pode sair errado e não quer ter o trabalho sequer de levar a comida a boca, e o prior, se acha uma pessoa sábia – provérbios 26-13-16 

i)         Não cobice o que é dos outros, nem tenha inveja. Trabalhe e tenha para dar. At. 20.33-35

 

 2 – O TRABALHO É UMA BÊNÇÃO DE DEUS E ELE TRABALHA

a)       Deus trabalha para nós – Isaias 64.4 – ele não fica de braços cruzados para ver o que vai acontecer

b)       Jesus disse que o Pai trabalha até agora e ele também – João 5.17 

c)       Você vai comer do trabalho das suas mãos – Salmo 128.2 

d)       É o Senhor quem nos dá força e poder para adquirir riquezas e é ele quem confirma a aliança – Deus sempre dá a estratégia – Deuteronômio 8.17-18 – Ex.: veja o filme “À procura da Felicidade” um caso real com Chris Garner – um homem falido que se tornou um grande corretor da bolsa de valores de Wall Street. 

e)       A prosperidade é um dom de Deus – eclesiastes 5.18-19;

 

  

3 – A PROSPERIDADE É UM MEIO E NÃO UM FIM EM SI 

a)       Tudo que vier às suas mãos para fazer, faze-a conforme as tuas forças – eclesiastes 9.10 você trabalha para viver, mas não deve viver para trabalhar – tenha prioridades na sua vida; 

b)       O homem que teme a Deus, comerá do seu trabalho, e feliz será (Salmo 128.1-2)

c)       Todo trabalho sem Deus é inútil e nem se aproveita – Salomão se arrependeu de ter trabalhado demais – conquistou tudo que podia, mas sabia que não levaria nada deste mundo – Ec.  2.17 – ao trabalhar demais, você corre atrás do vento. A sabedoria só serve para esta vida. 

d)       Não coloque o seu coração nas riquezas – salmo 62.10 – o dinheiro é um ótimo servo, mas um péssimo patrão.  Não podemos servir a dois senhores – Mateus 6.24 – 

e)       As riquezas deste mundo não compram o seu lugar no céu – parábola do rico insensato Lc 12.20-21 – eu e você também precisamos ser rico para com Deus. 

f)         Não coloque a sua esperança na riqueza, mas em Deus – pois ele nos dá as coisas em abundância, para o nosso prazer – 1 Timóteo 6.17;

 

Conclusão: Trabalhe e faça tudo que puder fazer, mas não deixe de buscar a fonte para que o resultado do seu trabalho seja abençoador para a sua vida e daqueles que você ama. Vamos viver segundo as prioridades de Deus e não segundo os desejos humanos. Deus te capacita, te dá estratégias, abre portas, confirma caminhos e te prospera para que você testemunhe o Deus da Graça Abundante!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Encontrou um erro de digitação? Por favor, selecione-o e pressione Ctrl + Enter.