Igreja: uma comunidade de humildade - 18/40

“....Tende em vós aquele sentimento que ouve em Cristo Jesus (Filipenses 2.5) - Devocional 18/40 (Qui. 26/ago/2010) - Quantos de queremos ser honrados, valorizados pelo que fazemos? Somos pessoas, que por natureza, temos dificuldade para trabalhar em silêncio. Todos nós gostamos de ser valorizados, reconhecidos. Porque isso é importante para o ser humano? Como ser reconhecido e valorizado nas coisas de Deus?

Um problema sério que o apóstolo Paulo lidou com a igreja em Filipos foi a disputa entre os irmãos, para saberem quem era o maior entre eles. quem devia ser honrado, quem devia ser tratado com deferência. O texto mais conhecido da epístola é 2.5-11. É um dos mais belos de toda a Bíblia. Ele mostra como Jesus assumiu a condição humana e foi humilhado, não apenas em se tornar carne, mas em ser tratado como criminoso. O ensino de Paulo sobre o ato de Jesus “esvaziar-se” recebeu o nome de kênosis, que é a palavra grega para “esvaziamento”. A idéia é de escoar um líquido ou tirar os grãos de um recipiente. Vejamos como Paulo descreve o caráter de Jesus:

1- Um Deus servo, humilde - (1)  Era Deus; (2)  Não se aferrou a isto; (3)  Esvaziou-se de sua divindade e glória; (4)  Tomou a forma de servo, encarnando-se; (5) Humilhou-se (aceitou a humilhação); (6)  Foi obediente até a morte. A atitude de Jesus é oposta a de Adão, que pretendeu ser mais do que devia. Jesus é o novo Adão, a raiz da nova criação. É o homem que não cai. Ele agrada a Deus em tudo, inclusive com sua kênosis, que leva Deus a exaltá-lo. Este é o ensino teológico. Por causa desta atitude de Jesus, Deus Pai tomou algumas atitudes, recompensando-o:

2 - As bênçãos da humildade - (1) Exaltou a Jesus soberanamente; (2)  Deu-lhe um nome sobre todo nome (colocou-o acima de tudo); (3) Determinou que todo joelho se dobrará diante dele; (4) Esses joelhos são de anjos (no céu), de homens (na terra) e de poderes malignos (debaixo da terra); (5)  Determinou que todos hão de confessá-lo como Senhor.

 

Conclusão: Do ponto de vista espiritual, o que Paulo está dizendo é isto: se alguém quer ser grande, que seja pequeno. No cristianismo, grande não é quem domina. Grande é quem serve: Lucas 22.24-27. A glória do cristão não é o domínio, mas o serviço. Deus não recompensa o mando, mas o trabalho. E o maior exemplo é do próprio Filho, que se tornou servo. Isto requer humildade, que nada mais é que um espírito serviçal. Humildade não é subserviência. Jesus não foi subserviente. Humildade é serviço, é utilidade, é vontade de fazer alguma coisa por Deus e pelos outros, em vez de apenas receber. Há muitos membros de igreja que apenas recebem. São alimentados espiritualmente, pedem orações, querem e reclamam cuidados (e como o fazem quando acham que os demais não estão se preocupando com eles!), mas não querem servir. Este não é espírito de humildade, pois não é o espírito de Cristo.

Vamos Orar: "Senhor Deus, ajuda-nos a servir ao próximo, ao irmão, àquele que está ao nosso lado. Muitas vezes quero apenas ser servido, mas hoje aprendi que há maiores bênçãos quando invisto o melhor do meu tempo e recursos para servir outras pessoas. Me ajuda a ter o caráter de Cristo em mim, pela santificaçào do teu Espírito Santo, operando sobre a minha vida!"  Amém.


Se você deseja entrar em contato com o pastor Elton Melo, clique aqui. Agradecemos se você compartilhar conosco os seus pedidos de oração e se tiver um testemunho, por favor, gostariamos de compartilhar e nos alegrar com os feitos do Senhor em sua vida. Fique à vontade para enviar este devocional para os seus amigos. Visite nosso site: http://www.ibivitoria.org

O propósito deste devocional, de 40 dias, é abençoar vidas compartilhando a Palavra de Deus, mas se por algum motivo você se sentir incomodado e não deseja recebê-lo, por favor, envie um email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. com o subject (assunto) excluir meu nome.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Encontrou um erro de digitação? Por favor, selecione-o e pressione Ctrl + Enter.
Copyright©2018, AlcanceVitória® - CNPJ: 20.530.998/0001-43 - Todos os Direitos Reservados.
AlcanceVitória® | Documentation