Esboços

Escrito por Elton Melo

Avivamento: Uma necessidade da igreja de hoje. 15/07/2007  - Introdução: A igreja do Senhor precisa de “poder”. Todas as igrejas enfrentam situações onde, por vezes, ocorrem situações de “paradeira”, estagnação na vida cristã, situações e problemas que insistem em pesar sobre os nossos ombros. Por vezes a vida cristã proposta pelo Senhor para nós parece ser um tremendo fardo, algo que exige de nós um esforço tremendo que nos faz chegar ao final de um dia de trabalho, completamente sem forças, desmotivados e sem energia. O que falar dos problemas da vida que enfrentamos no lado profissional, na nossa casa, nos dia-a-dia. O livro de Habacuque fala destes momentos da nossa vida, quando parece que o mundo vai desabar nas nossas cabeças. O que precisamos compreender é que Deus está agindo em nossas vidas, mesmo quando não entendemos e compreendemos o que está acontecendo ao nosso redor.

 

 

1 – O que não é avivamento.

 

a)       Há muita confusão que tem gerado medo, indiferença, rejeição, escárnio, mau uso dos dons espirituais, decepção. Esta tem sido a estratégia de Satanás para enredar os crentes em Cristo, desmotivando o povo de Deus de tomar posse de suas bênçãos.

 

b)       não é fanatismo, religiosidade, hábitos e costumes, legalismo, vida de aparência, falsa piedade, perfeccionismo, simples manifestações, práticas de carismas, barulho, fuga, abstenção, misticismo, proselitismo, orgulho espiritual, polêmica, divórcio da Palavra de Deus, libertinagem, dividir igrejas, intolerância e refúgio para descontentes;

 

2 – Avivamento é despertar do sono

 

a)       quantos estão dormindo, como Jonas, (Rm 13.11-12, ef. 5.14  Mc 26.40-46)

 

b)       o momento é de grandes desafios: fome, miséria, doenças incuráveis, drogas, satanismo, etc. (Ap. 12.12)

 

3 – Avivamento é um protesto

 

a)       contra a frieza espiritual, contra a indiferença, a morbidez, o mundanismo,

 

b)       contra o pecado que tão de perto nos rodeia.

 

c)       Avivamento se traduz em paixão pelas almas perdidas;

 

d)       É proclamação poderosa do sacrifício e exaltação dos feitos da cruz;

 

e)       É crescimento numérico e qualitativo da igreja,

 

f)         É amor pelos irmãos (Jô 15.12);

 

g)       É a vida de Cristo sendo vivida em nós e através de nós (vida nova – 1Pe 1.4)

 

4 – Avivamento é fidelidade

 

a)       Obediência à Palavra de Deus, pureza de vida, vida de oração;

 

b)       É compromisso com o Reino, viver o que cremos, é uma volta aos dias dos Atos dos apóstolos;

 

c)       É vida no Espírito (Gl 5.25) – é vida vitoriosa (2Co 5.17); é vida frutífera (Jo 15.5);

 

d)       É maturidade espiritual (Ef 4.13);

 

e)       É plena submissão a Deus;

 

f)         É beber da fonte de água viva (Jo 7.37-38);

 

g)       É fogo acesso o tempo todo sobre o altar do Senhor;

 

h)       É o povo de Deus vivendo e andando em novidade de vida.

 

Conclusão, que o Senhor avive os nossos corações para que experimentemos o poder do Senhor em nós e através de nós.

 

Categoria: