A chave da autoridade de Cristo

Chaves, no sentido simbólico, falam de domínio, autoridade, posse, comando, etc. Jesus, com base na Sua autoridade de Filho de Deus e um com o Pai, falou a Pedro de chaves do Reino de Deus. Daí vem a idéia da proeminência de Pedro no Colégio Apostólico, de cujo assunto não vamos nos ocupar aqui, pois queremos estudar o simbolismo destas chaves referidas pelo Senhor. Que chaves são essas?

A primeira chave não pode ser outra senão a da autoridade do Senhor Jesus. M. 28.18,19.

A autoridade de Jesus foi dada pelo Pai. A palavra exousia, em Mt 18.18, significa autoridade delegada. Esta foi a autoridade exercida por Jesus, em Seu ministério terreno. Jo 14.10,11. A autoridade de Jesus abrange os céus, a terra e abaixo da terra. Fp 2.10. A autoridade de Cristo, sobre todas as coisas, implicam, em autoridade com poder sobre:
  1. A autoridade da Trindade foi entregue a Jesus: Cl. 1.19;2.9.
  2. Autoridade sobre os anjos: Hb. 1.6;
  3. Autoridade sobre os principados e poderes: Ef 1.20-23.
  4. Autoridade sobre a Igreja: Ef 1.22; Cl 1.18.
  5. Autoridade para salvar e para julgar: At 4.12; At 17.31; Jo 5.22,23.
Mt.16.16-19 - Aqui Jesus entregou à Igreja as chaves do Reino. Só vai romper limites no sobrenatural quem tem as chaves e sabe usá-las. Muitos não avançam e conquistam porque não usam as chaves. Precisamos entender o que Jesus fez por nós: a obra mais importante, a base, o alicerce sobre o qual está edificando a Igreja: a obra da REDENÇÃO. Jesus pagou o preço que ninguém poderia pagar a não ser Ele mesmo, porque já estávamos contaminados pelo pecado.

Redenção significa comprar um escravo. A Bíblia diz que fomos vendidos à escravidão do pecado, ao diabo, pelo pecado de Adão e Eva. Já nascemos com a natureza inclinada para o pecado, morta espiritualmente. Estávamos perdidos, separados de Deus, sem esperança, sem direção. Vivíamos debaixo da escravidão do pecado, dos vícios, dos enganos, das mentiras, corrupções... Mas Jesus tomou sobre si nossos pecados, enfermidades, maldições, e foi à cruz do Calvário pagar o preço da nossa redenção.

Por que Jesus morreu? Porque NÓS precisávamos. Quem o matou? Nós (você e eu). As pessoas têm a tendência de jogar a culpa nos romanos e nos judeus. Mas o que o matou foram os nossos pecados. Ele nos comprou com Seu sangue puro. Fomos comprados pelo sangue do Justo - Jesus. Quando ele pagou o preço ele disse: está consumado. O escrito de dívida está perdoado. Quando morreu, foi ao inferno, tomou as chaves da mão do diabo, levou cativo o cativeiro, e nos libertou. Isso significa que a obra que Jesus fez foi completa.


Imprimir   Email
Encontrou um erro de digitação? Por favor, selecione-o e pressione Ctrl + Enter.