Discipulado

Certa vez, meu médico me recomendou: depois dos 30, todos os homens deveriam cuidar melhor de sua saúde, fazendo um “check-up” a cada dois anos, e depois dos 40, a cada ano. Decidi ser obediente, e posso garantir que ainda estou aproveitando da vida com bom gosto. Estou convencido de que cada crente deveria também fazer o seu “Check-up” espiritual pelo menos a cada dois anos, porém para ser mais precavido, deveríamos fazer esse “check-up” a cada seis meses. Como isto seria possível? Certamente que uma maneira muito especial seria usar a Palavra de Deus como nosso espelho, que irá revelar as nossas falhas espirituais.

O Salmo 119 (o maior capítulo da Bíblia) é um dos melhores recursos que temos para podermos avaliar como está a nossa vida espiritual. Assim, ao compararmos nossa vida com os preceitos delineados nesse salmo, saberemos o diagnóstico completo de como está a nossa vida espiritual. Portanto, se sua vida tem correlação com esses princípios bíblicos, significaria dizer que é um cristão que usufrui de uma vida que vale a pena.

Esse questionário é recomendado para pessoas que buscam uma profunda espiritualidade atrelada ao autoconhecimento. E fortemente recomendado para pessoas que tenham dúvidas sobre a fé e a sua forma de crer, ou estejam passando por crises na sua religião atual. Na sua casa, no computador ou num caderninho, responda as 10 perguntas abaixo, sem olhar em nenhum livro ou anotação, sem pensar no que ninguém diria, apenas olhe dentro do seu coração e responda com toda a sinceridade:

1. Você crê com convicção em alguma forma divina? Como a força divina se manifesta aos seres humanos?

2. O que você pensa sobre vida após a morte?

3. Você acredita em superstições, feitiços e simpatias? De que modo elas funcionam?

4. Você acredita em assombração? E em espíritos de mortos?

5. Se pudesse estar apenas com uma figura religiosa até o fim da vida e pela eternidade, com qual gostaria de estar?

6. Qual o seu posicionamento com relação a questões polêmicas como aborto e eutanásia? Você acha que a religião interfere nas decisões que você tomaria nessas situações?

7. O que é religião pra você? O que é mais importante e o que é mais problemático nas religiões em geral?

8. Você acredita em predestinação (em destino)? E em livre-arbítrio?

9. Você acredita em certo e errado, bem e mal? Você acredita que existe um estilo de vida ou uma forma de conduta que dá sentido à vida, e é válida pra todas as pessoas?

10. Qual a melhor forma de exercer sua fé? Que práticas religiosas você prefere para fazer isso?

** Respondam todas, de preferência por escrito, porque escrever nos obriga a ter que parar e pensar. **

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A Editora Batista Independente lançou um excelente livro sobre o DISCIPULADO BÍBLICO. Em suas 128 páginas, você aprenderá mais sobre discipulado e verá como ser um efetivo discípulo de Cristo. O pastor Elton Melo, presidente da Editora escreveu sobre este livro. O texto que oferecemos para sua edificação é fruto de um enorme esforço da equipe de Junta de Educação e Publicação da CIBI - Convenção das Igrejas Batistas Independentes, que ao longo dos anos 2016 e 2017 preparou cada uma das 53 lições para a RED - REVISTA DE ESTUDOS E DISCIPULADO, que desde 1955 vem oferecendo à Igreja brasileira excelentes estudos para edificação e crescimento espiritual.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Trata-se de uma visão de reestruturação da sociedade por meio de um projeto chamado os “7 Montes”. Esse projeto tem por objetivo contribuir para o crescimento do Reino de Deus nos distintos segmentos da sociedade. Entendendo que Deus, por meio de Jesus, comissionou a cada um de seus filhos para discípular as nações. E isso não se restringe à salvação recebida pela graça por meio do sacrifício de Cristo. A mensagem bíblica completa é uma visão de mundo, uma visão de vida, a fim de explicar toda a realidade. A resposta cristã surge quando se vive a verdade de Cristo em cada aspecto e segmento da vida. E é nesse pensamento que se insere a visão dos Sete Montes. Um ideal que surgiu e foi construído em 1975, quando Bill Bright, da Cruzada Estudantil, e Loren Cunnigham, da Juventude com uma Missão (JOCUM), se encontraram. Deus concedeu a cada um deles uma mensagem para compartilhar mutuamente, baseada no fato de que “a cultura está estabelecida sobre os sete montes da sociedade, os modeladores de mentalidade, ou formadores de opinião”, sendo eles:

 

  1. Artes; Entretenimento;

 

  1. Mídia; Comunicação;

 

  1. Governo; Política;

 

  1. Economia; Negócios;

 

  1. Educação; Ciência;

 

  1. Família;

 

  1. Igreja; Religião;

 

O projeto nasceu nos Estados Unidos da América e foi no final dos anos 90 que esta visão tomou força, com distintos movimentos que tinham como propósito fundamental cumprir a missão de transformar a sociedade por meio da atuação dos filhos de Deus. Uma visão que busca que a Igreja possa ser sal e luz entre as nações. Que a Igreja se levante como um referencial dentro dessas áreas que são os sete pilares, entre os quais atuam os formadores de opinião, onde a sociedade se encontra alicerçada.Em Isaías 2.2-3 está escrito: “E acontecerá nos últimos dias que se firmará o monte da casa do Senhor no cume dos montes, e se elevará por cima dos outeiros, e concorrerão a ele todas as nações. E irão muitos povos, e dirão: Vinde, subamos ao monte do Senhor, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do Senhor”. Nos últimos dias o monte da casa do Senhor se levantará sobre os demais montes e entre eles fluirá a vida de Deus. Ide a cada uma dessas áreas e seja sal e luz. Você será equipado para ser um agente de transformação em sua área de atuação.

 

Como eu posso atuar neles?A atuação nos “7 Montes” é de maneira simplificada expressar a glória de Deus onde quer que você exerça qualquer tipo de função. Ou, se você é um economista, um pedagogo, um pintor, um cantor, um cientista, que Deus seja o centro de tudo aquilo que você desenvolver em sua área de atuação. Que o Senhor seja resplandecido, assim como os Seus ensinamentos em tudo aquilo que você faça.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Em FAÇA A COISA CERTA, APESAR DE TUDO, Kent M. Keith conta também histórias comoventes que ilustram seus mandamentos paradoxais. As idéias de Keith surgiram nos anos de 1960, quando líderes estudantis de todo o mundo acreditavam ser capazes de transformar o mundo em um lugar melhor através de atitudes radicais. Na época, o autor era um jovem calouro na Universidade de Harvard e tinha idéias diferentes. Para ele, o fato de agir da forma mais correta possível por si só acarretaria em grandes mudanças. Em 1968,  publicou um folheto com seu manifesto, intitulado Mandamentos paradoxais da liderança.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

1. Tenha Tempo Todos os Dias Para Estudar (Salmo 1.2, 3)
A pessoa que, resolutamente, fizer um voto de estudar a Bíblia logo verá que cumprirá esse voto. O estudo diário será fato singular e fará diferença em sua vida. Pouco a pouco, o estudo vai-se transformando em qualidades que você mesmo não perceberá até ter feito o estudo por muito tempo. A quantidade de tempo a ser gasta é você quem deve decidir. Uma hora diária seria melhor, mas muito pode ser feito em quinze minutos. Tenha uma visão a longo prazo sobre esse estudo. Talvez nem todas as sessões de estudo não abra maravilhas para você, mas, com o correr do tempo, verá que tem sido uma boa influência.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa