Pastor Claudio Duarte fala sobre traição

Sabe aquela famosa frase: “Não troque uma vida inteira por um momento?”. Pois é, a maioria já até postou esse clichê no facebook porém, a coisa é bem mais diferente na realidade. Primeiro que a traição é um pecado premeditado, isso porque ninguém sai pra trabalhar e no meio do caminho decide encontrar uma outra pessoa do nada e trair seu parceiro(a). Antes de tudo nasce a intenção, depois o planejamento e após a execução. É preciso estar em constante oração e vigilância para blindar seu casamento desses intentos do adversário.

Bom, depois da traição é mais do que comum haver o arrependimento pelo ato, isso se for a primeira vez. Logo vem na mente da pessoa que traiu , o parceiro(a), os filhos, família e etc.

O que uma pessoa saber sobre pós traição? Veja nesses tópicos algumas coisas frequentes que se passam após o acontecimento.

  • Nada fica encoberto, mentira tem perna curta e você jamais conseguirá esconder algo dessa magnitude por muito tempo.
  • Assim como não existe crime perfeito, não existe traição que não venha à tona.

Como disse acima, você não encontrará nada além de prazer momentâneo. Acredite, esse prazer não vai durar para sempre. Logo haverá o arrependimento, você vai se ver em um lugar totalmente contrário à sua realidade. Precisa fugir dessa aparência do mal. Você vai dilacerar o coração do seu parceiro(a).

Segundo a psicologia, assumir que foi traído(a) traz a pessoa uma sensação de impotência e inferioridade profunda. Acredite, existem pessoas que chegam ao ponto de tirar suas vidas em função disso. Sua família será toda abalada. Irá sofrer um grande impacto com a traição. Havendo separação seus filhos sofrerão e isso pode acarretar de maneira negativa a vida futura deles.

Não se recupera a confiança do dia pra noite. ” Diamante quebrado não volta ao seu formato original.” Essa frase é outro bordão comum, mas não menos real.
Caso não haja separação você pode levar anos para mostrar que mudou, isso tendo que lidar com as feridas que causou.

Para reconstruir a sua vida, mantendo o casamento ou não, a busca pelo auto-perdão é imprescindível. Não é um caminho fácil, mas é o único que lhe trará a paz que você precisa para voltar a sentir-se íntegro(a) e capaz de edificar situações mais felizes.

Quem pensa não trai, simplesmente porque não é uma atitude inteligente comprometer-se com consequências tão difíceis e dolorosas. Mas não ter pensado também não é justificativa, além de ser mais uma mentira, afinal somos seres pensantes e capazes de controlar nossos instintos.
O melhor a ser feito é buscar resolver suas insatisfações junto ao seu cônjuge, antes que elas se transformem em grande sofrimento para todos os que você ama. veja uma parte no vídeo abaixo.


Imprimir   Email
Encontrou um erro de digitação? Por favor, selecione-o e pressione Ctrl + Enter.